Todos os nossos dados do Facebook são guardados em servidores na nuvem, mas poucos imaginariam que uma nuvem de verdade surgiria acima desses servidores.

Em 2011, o Facebook informou que seu primeiro data center em Prineville (EUA) teve um problema de alta umidade. Provavelmente não é a melhor condição para servidores, claro. Mas acontece que os controles de temperatura causaram condensação no data center, criando uma nuvem interna acima dos servidores.

Jay Parikh, vice-presidente de engenharia no Facebook, conta a bizarrice ao The Register:

Recebi um telefonema: “Jay, há uma nuvem no centro de dados.” “Como assim, do lado de fora?” “Não, dentro.”

O que aconteceu? Normalmente, o data center recebe ar da parte externa. No entanto, uma falha acabou prendendo o ar quente lá dentro. Para resfriar os servidores e economizar energia, o data center solta água evaporada no ar. A mistura de ar quente (a quase 30°C) e água (95% de umidade) criou a nuvem.

E ao tocar a superfície fria dos servidores, a água se condensava. Isso fez vários servidores reiniciarem, e alguns simplesmente desligaram por falha na fonte de alimentação, causada pela umidade.

Parikh diz que os data centers do Facebook mudaram seus protocolos para que tal incidente nunca ocorra de novo. Mas como prevenir é melhor que remediar, todos os servidores estão agora equipados adicionalmente com uma “capa de borracha” ao redor de suas fontes de alimentação. [The Register]

Imagem por Open Compute Project