Descobrir a pronúncia correta de GIF é uma das maiores questões da internet. Sempre acreditei que fosse com um G forte, GIF, um “G” como em “garrafa”. A maioria das pessoas que conheço pronunciam assim. Até a Casa Branca concordou em pronunciar GIF assim. Mas precisamos reavaliar todos os nossos argumentos porque o inventor do GIF – o Papai dos GIFs Steve Wilhite – diz que a pronúncia é JIF. Ah vá.

Steve Wilhite, que ganhou um prêmio por sua criação no The Webby Awards, disse ao NY Times que está irritado com todo o debate sobre a pronúncia de GIF.

“O dicionário da língua inglesa Oxford aceita as duas pronunciações. Eles estão errados. É um G suave, pronunciado ‘jif’. Fim da história.”

Ouviu isso. Eles estão errados. Ele disse que nós, povo do mundo inteiro, estamos errados. “É um G suave, pronunciado “jif””. Senhor, então porque não deu o nome de JIF? Fim da história. Eu sempre achei que a história estava encerrada, mas acredito que estejamos lendo livros diferentes.

Mas ele é o Papai Gif, e pais têm direitos sobre as coisas que trazem ao mundo. Você quer que o seu filho se chame Maicou em vez de Michael, como em Michael Jackson, vá em frente (mas a pronúncia ainda é Mai-cou). E ele não está errado no seu pensamento. O G tem fonética gutural quando a letra G é acompanhada de a, o ou u (pense em gasolina, gol, orgulho). Já o G suave, com fonética palatal, surge quando é acompanhado por i ou e (girafa, Argentina). Existem algumas exceções, é claro, mas em geral, Wilhite tem seu ponto. GIF é acompanhado por um I.

O problema com o pensamento de Wilhite está na forma como vemos siglas. Elas são palavras próprias ou não? BBC é uma palavra? Bibici? Ou é Bêbêcê? Se você combinar letras em uma palavra, como jota-PEG, faz sentido falar JPEF e não juh-peg? Se GIF significa Graphics Interchange Format, a porção “Grafics” na frase é representada por um G forte na sigla? É confuso, eu sei.

Mas a diferença mais clara para mim é que existem coisas pronunciadas como JIF que não são escritas GIF. Há uma marca de manteiga de amendoim com esse nome, por exemplo. Se você quer que GIF seja pronunciado JIF, chame de JIF (já existe o JPEG Interchange Format, então pode não ser uma boa ideia). Se você usa a letra G como uma sigla para a palavra Graphics, e se o nosso Gizmodo é pronunciado com um G forte (como Guizmodo, digamos, e não Jizmodo [e muito menos Jizmondo]), e se o presidente dos Estados Unidos decreta que GIF é GIF e não JIF, então você está errado. Mesmo que você seja o pai dos GIFs. [NY Times]