O astroblogueiro convidado Leroy Chiao continua a sua missão de cinco dias de nos iluminar sobre a vida em órbita, desta vez lidando com a tarefa árdua da rotina matinal, em particular a de escovar os dentes em gravidade zero.

Em uma espaçonave, a música vem direto do Centro de Controle de Missão para acordar você. Em uma estação espacial, você programa o seu despertador. Ou então, como é o caso às vezes na Terra, você acorda cedo, sozinho, pensando “mas que porra é essa?!”.

Um típico dia no espaço (existe isso?) começa praticamente como um dia na Terra, exceto que você está flutuando. Desligue o alarme. Abra o seu saco de dormir. Abra as portas da estação dormitório e se empurre para fora.

Na Estação Espacial Internacional, eu entrei na rotina de me limpar na noite antes de ir pra cama e depois vestir uma camiseta e uma cueca limpas para dormir. Na manhã seguinte eu já estava parcialmente vestido. Eu vestiria um short Nomex e meias brancas de algodão, pronto para o dia. Este era o típico uniforme a bordo, exceto quando as câmeras estariam ligadas.

Quando tínhamos uma entrevista por vídeo agendada, nós vestiríamos uma camiseta de tripulação tipo polo ou, em caso de um evento sério, vestiria o traje de vôo completo.

Qual é a primeira coisa que você faz de manhã na Terra? Bom, não é muito diferente a bordo de uma espaçonave. Eu dedicarei outro post sobre o assunto de banheiros espaciais e deixarei isso por ora.

E escovar os dentes? Em gravidade zero (ou, mais precisamente, microgravidade, caso você seja do tipo chato com estas coisas), algumas coisas são mais fáceis, como deslocar pra lá e pra cá itens de média ou grande massa, mas muitas coisas ficam mais difíceis. É inacreditavelmente fácil perder as coisas. Você se distrai um pouquinho e lá se vai a tampa da pasta de dente, pra sempre! Mesmo que você seja bom em prender as coisas atrás de um elástico de borracha, um novato passando por lá poderá soltá-las e nem perceber.

Mas e aí, como você escova os dentes no espaço? Muito tempo atrás, a NASA começou a comprar somente pastas de dente sem tampas que se soltavam, resolvendo assim o problema da perda de tampinhas. Assim, você começa enchendo uma sacola de beber de água e levar com você até a área de higiene. Você prende atrás de um elástico de borracha. Tira o seu kit de higiene de trás do elástico e abre. Encontra a sua escova de dente dentro do kit de higiene, seguramente preso dentro de uma bolsinha de tecido com velcro na parte superior. Mas antes, você pega o seu tubo de pasta de dente e o prende na parede usando o círculo de velcro preso a ele. Prende o seu kit de higiene atrás do elástico de borracha após abri-lo parcialmente para que as coisas não saiam flutuando acidentalmente.

Ainda está com a sua escova de dente entre os seus dedos? Com sorte, sim. Pegue a sua sacola de beber e, com um dedão, abra a palhinha (que impede que o líquido saia sozinho da sacola) e gentilmente aperte até sair umas gotas d’água sobre a sua escova de dente; veja enquanto a água é sugada pelas cerdas. Segure a palhinha da sacola de beber com os dentes e cerre-a com uma das mãos, para em seguida tornar a colocar a sacola atrás do elástico.

Praticamente todo o resto é bastante simples. Você destampa o tubo da pasta de dente, aperta um pouco sobre a sua escova e começa a esfregar os dentes. Pronto, acabou. E agora? Onde você vai cuspir? Não há pias! Uma toalha? Bom, daí você vai ficar com uma toalha molhada nas mãos, e o que você vai fazer com isso?? Acabo engolindo. Encho minha boca de água e engulo novamente. Jorro um pouco de água sobre a escova de dente e sugo a água dela. Seco a escova de dente em uma toalha e torno a colocar a escova e a pasta de dente dentro do kit.

Que mais agora? Alguma ideia? Sim, a sacola de beber. Isto eu acabo levando pra cama comigo, assim eu terei algo para bebericar no meio da noite, caso eu acorde. Exatamente como na Terra, exceto que um pouco mais complicado. E escovar os seus dentes é uma das tarefas mais simples que você executará no espaço.

Acompanhe Leroy Chiao na sua coluna visitante enquanto celebramos a vida humana no espaço com a nossa semana “Tire-me Deste Rochedo”.