O homem supersônico Felix Baumgartner no fim das contas foi ainda mais supersônico do que imaginávamos. Ele atingiu 1.357,6 km/h o que representa 1,25x a velocidade do som. A sua frequência cardíaca era extremamente alta na hora exata do salto.

No momento do pulo o coração dele fazia 185 batimentos por minuto, o que é considerado a maior frequência cardíaca que um adulto de 35 anos pode ter enquanto se exercita. Baumgartner tinha 43 anos no salto espacial da outubro.

Então sim, está confirmado: ele de fato é o primeiro homem a quebrar a barreira do som sem propulsão mecânica, usando apenas o corpo em uma queda livre. Ele também manteve a velocidade supersônica por meio minuto, enquanto o coração dele bombeava entre 155 e 175 batidas por minuto.

Eis os dados oficiais completos:

Ele começou a rodar a 60 revoluções por minuto e continuou assim por 13 segundos
Ele saltou de uma altitude de 38 km
Ele experienciou 25,2 segundos de total ausência de peso no começo da sua queda livre.
Seu crânio permaneceu abaixo de 2 G durante todo o tempo, o que é uma zona segura
O tempo total da queda foi de 4m20s.

Os recordes atualizados:

Máxima velocidade vertical: 1.357.6 km/h ou 1.25 Mach
Maior altitude de saída: 38.969.5m
Distância vertical da queda livre: 36.402.6m [Red Bull Stratos]