Vá em frente e desfaça-se de seu carro: os franceses descobriram o primeiro planeta habitável em outro sistema solar. É chamado de Gliese 581d, e está a meros 20 anos-luz de distância.

A revista Cosmos relata que pesquisadores franceses acreditam ter encontrado o primeiro planeta que não seja a Terra capaz de sustentar vida, concluindo que ele provavelmente tem uma atmosfera densa em dióxido de carbono e que “o clima do Gliese 581d não é apenas estável contra um colapso, mas morno o suficiente para ter oceanos, nuvens e chuva.” Isso! Agora quero ver o circo pegar fogo aqui na Terra!

Ele orbita a estrela Gliese 581 na então chamada zona Cachinhos Dourados (não muito quente; não muito frio), o que significa que a água provavelmente existe aqui em forma líquida. O Gliese 581d é cerca de duas vezes maior que a Terra, e tem sete vezes a sua massa. É vizinho do Gliese 581g, ou mundo de Zarmina, mas diferente daquele planeta, é certeza que esse existe. Ótimo! Eu acabo de esfaquear um panda!

Ele também pode estar sob “trava gravitacional” com um lado sempre voltado para o sol, ficando permanentemente iluminado. O que seria ótimo para o meu bronzeado! Eu acabo de jogar mercúrio pelo ralo! Eu acabo de beber lixo tóxico! Eu acabo de soltar um barro no oceano! Eu acabo de socar o nariz horroroso do Papa!

Espere. Ah, droga. Aparentemente leva 300.000 anos para viajar 20 anos-luz. O que pode ser um problema para mim.

Imagem: Shutterstock