Leiloar protótipos da Apple é um negócio arriscado. Se você é o vendedor, há sempre a possibilidade de a Apple tentar derrubá-lo e pedir o dispositivo de volta. O homem que estava vendendo o protótipo de iPad com dois conectores de 30 pinos temia isso quando publicou seu anúncio no eBay.

“Eu não esperava que o leilão chegasse ao final. Esperava que a Apple o barrasse,” disse ele à Wired.

Mas a Apple não entrou em contato com o vendedor, que falou conosco sob a condição de permanecer anônimo. Na realidade, o vendedor nos disse que ele conduziu premeditadamente o leilão no fim de semana do Memorial Day porque achou que os funcionários da Apple estariam aproveitando o feriado em vez de patrulhar o eBay: “sabia que a Apple não estaria tão ativa ao longo do fim de semana e, assim, eu teria melhor chance de a Apple não intervir,” ele disse.

A Apple tem um histórico de ir para cima de pessoas que negociam ou têm em sua posse seus protótipos. Um leilão no eBay de um MacBook Pro com antena 3G foi interrompido pela Apple e o vendedor, mais tarde, devolveu o equipamento à empresa. E, claro, o protótipo do iPhone 4 que o Gizmodo comprou em abril de 2010 e levou ao indiciamento criminal (depois removido) contra o editor do site Jason Chen. Recentemente, no verão de 2011, um protótipo do iPhone foi perdido em um bar de San Francisco por um funcionário da Apple. A investigação culminou com seguranças da Apple vasculhando a casa de um cidadão com a escolta da polícia.

Mas a história do protótipo com dois conectores, como o seu vendedor, ainda está envolta em mistérios. Chegamos até ele através do sistema de mensagens do eBay e ele nos contatou diretamente por telefone de um número bloqueado. Ainda não sabemos o seu nome verdadeiro, mas conseguimos pescar alguns detalhes sobre a venda.

O vendedor diz ter comprado o protótipo do iPad de um colega de trabalho. Ele diz não saber como o colega chegou até o protótipo e para proteger a si mesmo e ao dono anterior, o vendedor não disse onde trabalha, nem o que faz da vida.

“Eu não sei se isso foi roubado da Apple ou se a pessoa que estava trabalhando com ele o pegou para si,” disse o vendedor. “A julgar pela forma como a Apple trabalha, é mais provável que tenha sido roubado, mas eu não tenho certeza sobre isso.”

Entretanto, o vendedor contou à Wired que o protótipo veio de um laboratório da Apple na California. “Ele tem marcas de identificação que descrevem que tipo de protótpo ele é; são números que ocultei no leilão”, ele disse. “Com eles você consegue chegar a quem estava usando o iPad.”

O vendedor disse que quando comprou o protótipo do iPad de seu colega, ele estava com defeito. “Eu meio que arrisquei e comprei ele quebrado; tive que consertar algumas coisas,” nos disse. O vendedor não conseguiu arrumar a tela, detalhe que constava no anúncio. Apesar disso, a avaria no protótipo não impediu que o valor do leilão passasse os US$ 10 mil e atraísse a atenção da imprensa de tecnologia.

“Eu não estava esperando isso tudo, de verdade,” disse-nos o vendedor.

Quando questionado sobre o comprador do iPad, o vendedor disse: “Pela privacidade do comprador, eu não direi nada muito além de que ele mora nos Estados Unidos e que acabei de despachar [o iPad] para ele.”

O vendedor nos contou que já vendera outros protótipos da Apple no passado, mas não deu mais detalhes além de que esses outros leilões não tiveram tanta publicidade. “Não posso fornecer muitas informações sobre o dispositivo da Apple sem revelar especificamente quem eu sou.”

Sobre a conta no eBay usada para a venda, ela está registrada como apps69, mas o vendedor diz que pertence a um amigo. “Eles obviamente sabem que estou usando a conta. Esta não é a minha,” ele disse.

Embora o vendedor diga não usar a sua própria conta, a apps69 vendeu uma grande variedade de hardware e objetos Apple, incluindo vários iPhones e MacBooks. Nenhum dos itens que aparece na página de feedback de compradores sugere qualquer coisa incomum em termos de hardware.

O vendedor diz que não foi procurado pela Apple e não acha que a empresa ficaria feliz em falar com ele. “Estou bastante certo de que qualquer contato que eu tiver com eles não será muito positivo,” disse.

A Wired enviou um email sobre o leilão para Apple, mas até o momento não teve resposta.

Agora que o vendedor está US$ 10.200 mais rico, o que ele planeja fazer com esse dinheiro? “Quero economizar para comprar um novo iPhone 5 ou um novo MacBook Pro quando ele sair. Ele definitivamente voltará para a Apple.”

Imagem: apps69/eBay.

Wired.com tem expandido a consciência coletiva com tecnologia, ciência e cultura geek desde 1995.