O capacitor de fluxo de Doc Brown? Uma bela relíquia religiosa do futuro? Algum objeto do jogo Tron 2.0?

Não, mas a última estava quase certa. O que você vê na foto é a Illuminato X Machina, um protótipo de placa-mãe modular. Cada célula quadrada tem seu processador, memória e armazenamento de dados, permitindo que cada uma opere de forma independente, ou como parte de um cluster em rede.

Em vez de uma queda completa do sistema se um componente sofrer um erro fatal, se uma célula falhar, ela permite que o resto do sistema continue operando. A placa-mãe modular também pode mudar a computação, ao introduzir máquinas que usam pouca energia.

David Ackley, professor adjunto de ciência da computação na Universidade do Novo México, é um dos contribuidores do projeto, assim como Justin Huynh, que criou uma rede P2P de empréstimos de dinheiro chamada Open Source Hardware Bank. [Wired]