Talvez você já tenha visto algum assim uma vez na vida, mas provavelmente foi no mesmo dia que você ouviu o canto dos anjos e o dia do juízo final estava chegando. Na realidade são raios anticrepusculares que surgem em posição oposta ao Sol.

Raio crepusculares – que você pode ver aqui, numa foto de John Britton, no Colorado – surgem quando o sol está atrás de algum objeto, normalmente nuvens, e seus raios são espalhados pela chuva, neve ou poeira. A perspectiva faz parece que os raios estão saindo do Sol, dando a sensação de algo sobrenatural está acontecendo ou que o camarada Deus deu um toque na Terra.

Os raios anticrepusculares também surgem assim, mas em vez de parece que eles estão saindo do Sol, esses raios convergem no horizonte a 180 graus opostos de nossa estrela principal. Os raios rasgam o céu numa linha reta e, como o céu é uma esfera, eles parecem se encontram no ponto mais antissolar possível.

Então da próxima vez que você vir um raio crepuscular, não esqueça de olhar para o outro lado e ver esse fenômeno. [APOD]