Embora o uso de pixels para esconder imagens que de outra forma seriam inapropriadas geralmente dê certo, o Exército dos EUA está com um débito de US$ 5 bilhões graças a seu uniforme de camuflagem pixelado (apresentado em 2004) que vem sendo apontado como um erro colossal.



O Daily relata que soldados têm “criticado veementemente o uniforme cinza e verde por se destacar em praticamente qualquer lugar onde é vestido.”

“Basicamente, o Exército desenhou um uniforme universal que é universalmente falido em todos os ambientes,” disse um especialista do Exército que serviu em duas passagens pelo Iraque.

Agora, pesquisadores do Exército e tecnólogos têxteis trabalham sem descanso para criarem um novo modelo menos chamativo:

“O objetivo é dar aos soldados diferentes padrões adequados a diferentes ambientes, além de um padrão único neutro — combinando com toda a família — para ser usada em equipamentos mais caros e outras máquinas. Esta seleção envolverá centenas de testes por computador, bem como outros de campo em meia dúzia de locais ao redor do mundo.”

É incrível que o governo norte-americano tenha gasto US$ 5 bilhões em um design ruim… e absurdo que eles insistam nisso. O Daily diz que o padrão pixelado — conhecido como Padrão de Camuflagem Universal, ou UCF na sigla original — teve origem com os fuzileiros dos EUA, que o chamavam de MARPAT.

“Os fuzileiros até encontraram uma cor de base eles mesmos, um tom de terra agora chamado Marrom Coiote.

‘Eles foram à Home Depot, viram algumas amostras de tinta e disseram ‘queremos esta cor’,’ disse Anabelle Dugas, uma tecnóloga têxtil de Natick que ajudou a desenvolver o padrão. Aquela matiz em especial, acrescenta, era parte de uma série de tinta então vendida por Ralph Lauren.”

O Exército naquela época era fraco em combinar peças — com uniformes verdes em equipamentos para uso no deserto, tornava os soldados alvos em movimento — e o MARPAT era considerada uma tendência moderna, então o Exército, com o que o Daily chama “um caso de inveja camuflada e pixelada,” decidiu que iria usá-la também.

Um erro épico que custou bilhões de dólares e, ostensivamente, muitas vidas.

Até que um novo padrão seja criado e enviado — o que pode levar mais de um ano —, os soldados no Afeganistão usarão “um substituto esverdeado e misturado chamado MultiCam.” [The Daily. Imagem via Getty Images]