Já ouvimos rumores sobre isso em outras ocasiões, mas dessa vez há alguns elementos distintos que emprestam mais credibilidade à história — talvez críveis o suficiente para nos fazer voltar atrás na nossa opinião sobre o rumor.

Está tudo sendo baseado nas fontes de Michael Arrington. O seu artigo está um tanto vago, mas aponta para um dispositivo fabricado externamente, mas com fabricação ditada pelo Google. Tipo como a Microsoft fez com o primeiro Zune, que foi fabricado pela Toshiba. E no caso do Google Phone, há uma lista de possíveis fabricantes. A suspeita óbvia recai na HTC, que tem sido a principal fabricante de aparelhos Android, mas o TechCrunch ouviu que a origem do hardware será coreana, e não chinesa, o que aponta para LG ou Samsung.

A Samsung tem um longo e feliz relacionamento com a Apple, fornecendo toneladas de peças para o iPhone, então talvez a LG assuma a bronca de desenvolver o aparelho fantasma. A LG não é completamente estranha ao Android, mas não tem muito destaque nesse campo — talvez justamente por estarem preparando esse big bang, que supostamente seria lançado no início de 2010.

Neste momento, não sabemos muito sobre nada. Mas assim que soubermos, você saberá. [TechCrunch]