Existem dois principais headsets de realidade virtual no mercado: o Oculus Rift e o HTC Vive. A Oculus, do Facebook, queria aplicar DRM aos jogos de sua loja e impedir que eles rodassem em dispositivos da concorrência. A decisão era controversa – e, após críticas, foi revertida.

>>> Os esforços da Samsung, LG e Facebook para fazer a realidade virtual finalmente vingar



A Oculus não fará mais uma verificação de hardware antes de você abrir um jogo exclusivo do Rift: ela confirmou ao UploadVR que qualquer headset será autorizado a rodá-los. Um porta-voz diz ao Gizmodo que a empresa “não vai usar verificações de hardware como parte de DRM no PC no futuro”.

Em abril, foi lançado o aplicativo Revive para usar o HTC Vive com jogos VR adquiridos na loja da Oculus. Um mês depois, a Oculus lançou uma atualização de software bloqueando seu ecossistema, basicamente exigindo o Rift para jogar títulos exclusivos.

A comunidade VR não ficou nada satisfeita, acusando a Oculus de hipocrisia: seu fundador, Palmer Luckey, sempre defendeu fortemente a criação de um ecossistema aberto para a realidade virtual.

A Oculus inicialmente defendeu a atualização, dizendo que a ideia era combater a pirataria e proteger os desenvolvedores de jogos. Até a feira E3, a empresa se manteve firme sobre essa decisão. Mas, esta semana, a Oculus lançou uma atualização de software que elimina completamente a tal “verificação de hardware”.

Exclusividade de títulos é algo comum em consoles: o Master Chief está no Xbox, e Nathan Drake está no PlayStation 4. Mas para a realidade virtual, muitos fãs e desenvolvedores queriam um ambiente mais aberto, permitindo rodar jogos no headset de sua preferência.

Vale deixar claro que, mesmo após a atualização, você ainda precisa do Revive para rodar jogos do Oculus Rift em outros headsets. Ainda assim, parece que a comunidade VR escapou de um sufoco – o futuro da realidade virtual parece um pouco mais promissor. A Valve, que investe no HTC Vive, sempre esteve dedicada a um ecossistema aberto.

[Reddit e UploadVR via Motherboard]