por Felipe Ventura

A Oppo é uma das maiores fabricantes de celulares na China, e também é dona da OnePlus. Ela criou um método para recarregar baterias de 2.500 mAh em apenas quinze minutos. Mas como?

>>> Seu próximo smartphone irá de 0% a 80% de bateria em 35 minutos

Basicamente, a tecnologia Super VOOC oferece uma carga constante de 5V para a bateria sem converter a tensão. Desta forma, ela consegue atingir até 97% de eficiência no carregamento.

Isto funciona em portas microUSB e USB Type-C, mas requer um novo conector, cabo e plugue Flash Charger. Todos são feitos com materiais “de nível militar” para garantir a segurança, e para não causar desgaste na bateria.

O plugue tem um chip especial que mantém a tensão de 5V no carregamento. E como essa tensão não é alta (celulares podem aguentar 20V), ela não aquece tanto a bateria – a temperatura sobe no máximo 3,3°C.

Isso funciona mesmo? A Oppo demonstrou a tecnologia na feira Mobile World Congress, e a CNET diz que “o aparelho de testes foi de 5% para totalmente carregado em questão de minutos”. O The Next Web diz que, “no palco, o dispositivo equipado com a tecnologia SuperVOOC foi de 5% a 58% em apenas cinco minutos”.

O Engadget entra em detalhes:

Um representante da Oppo ligou um dispositivo de referência revestido de metal em um carregador, e continuou seu discurso em mandarim. Menos de dez minutos mais tarde… o celular estava em 100%. Como somos céticos, não podemos deixar de suspeitar que esta foi apenas uma demonstração encenada para a feira…

Sim, esta ainda é uma tecnologia experimental, mas há bons motivos para acreditar na Oppo.

A empresa, que vendeu 50 milhões de smartphones em 2015, possui um sistema de carregamento rápido chamado VOOC. Ele leva a bateria de zero a 75% em apenas meia hora, e está presente em nove dispositivos – todos da Oppo.

Agora, ela levou o carregamento rápido a um nível extremo. A empresa diz que tem dezoito patentes pendentes para a tecnologia Super VOOC.

Há algumas limitações aqui, no entanto. Smartphones com essa tecnologia podem usar carregadores comuns, mas aí a bateria é carregada lentamente.

E, infelizmente, o Super VOOC é mais ou menos proprietário da Oppo: ou seja, ele só deve aparecer em smartphones da marca, nos quais há total controle sobre a bateria, processador e software envolvidos. Mas espero que outras empresas estejam prestando atenção para criar algo semelhante.

A Oppo diz que desenvolveu o Super VOOC porque a capacidade das baterias não está avançando no mesmo ritmo dos smartphones. Já que a autonomia decepciona, a alternativa é tornar o carregamento mais rápido. A empresa diz que seus próximos smartphones terão suporte a essa tecnologia.

[Oppo – GSM Arena – Android Central]

Veja os principais lançamentos do Mobile World Congress 2016: