No apagar das luzes do Orkut, o piloto Rubens Barrichello ganhou uma ação que movia desde 2006 contra o Google e receberá R$ 200 mil em indenizações.

O processo de Rubinho contra o Google é da época em que o Orkut ainda bombava – a lentidão, neste caso, foi a justiça brasileira. Há oito anos, Barrichello entrou com uma ação por danos morais devido a “perfis difamatórios” do piloto no Orkut. Ele pedia R$ 850.000 em indenização, além de mais R$ 50.000 por cada um dos perfis falsos.

E bem, como forma de despedida do Orkut – que por anos foi o responsável pela grande quantidade de pedidos de remoção de dados por parte do Brasil ao Google – Rubinho saiu vencedor na ação. Mas a indenização será consideravelmente inferior à que pedia Barrichello.

A decisão judicial também condenou o Google a remover os perfis e comunidades difamatórias do Orkut. Certamente essa foi a parte mais fácil de se resolver – se ainda persistia no Orkut algum desses perfis, eles foram definitivamente removidos na manhã desta terça-feira, quando o Orkut foi desativado. [Terra]

Foto via Flickr