Países ao redor do mundo estão correndo para ter suas populações vacinadas — com 30% do globo agora protegido contra doenças graves e morte por Covid-19. Mas alguns países estão se saindo melhor do que outros.

A lista abaixo mostra a porcentagem da população de cada país que foram completamente vacinadas (duas doses ou dose única em casos como a da Janssen), com base nos dados da Universidade Johns Hopkins. Também incluímos os números da população de cada país para uma perspectiva, embora as melhores taxas do mundo não sejam necessariamente dominadas por países pequenos. A China, por exemplo, vacinou mais de 69% de sua população de 1,4 bilhão de pessoas, bem acima dos Estados Unidos, que tem uma população de apenas 328 milhões.

Mas os países menores também viram ganhos significativos, incluindo Cingapura, com população de 5,7 milhões, que fez um trabalho excepcional nos últimos dois meses, passando do 21º lugar no mundo para a terceira melhor taxa de imunização do planeta. O país agora tem mais de 79% das pessoas vacinadas e está abrindo sua economia de maneiras significativas.

  1. Malta – 82,82%, população: 502.000
  2. Emirados Árabes Unidos – 79,97%, população: 9,7 milhões
  3. Cingapura – 79,10%, população: 5,7 milhões
  4. Portugal – 78,85%, população: 10,2 milhões
  5. Catar – 78,33%, população: 2,8 milhões
  6. Espanha – 74,50%, população: 46,9 milhões
  7. Dinamarca – 73,73%, população: 5,8 milhões
  8. Islândia – 73,63%, população: 357.000
  9. Chile – 73,36%, população: 18,9 milhões
  10. Uruguai – 73,30%, população: 3,4 milhões
  11. Seychelles – 72,63%, população: 97.000
  12. Bélgica – 71,73%, população: 11,4 milhões
  13. Irlanda – 71,02%, população: 4,9 milhões
  14. San Marino – 70,85%, população: 34.000
  15. China – 69,38%, população: 1,4 bilhão
  16. Canadá – 69,17%, população: 37,5 milhões
  17. Bahrein – 66,82%, população: 1,6 milhão
  18. Reino Unido – 65,68%, população: 6 6,6 milhões
  19. Mongólia – 65,51%, população: 3,2 milhões
  20. Noruega – 64,15%, população: 5,3 milhões
  21. Itália – 63,83%, população: 60,3 milhões
  22. França – 62,94%, população: 67 milhões
  23. Holanda – 62,68%, população: 17,2 milhões
  24. Butão – 62,63%, população 763.000
  25. Alemanha – 62,02%, população: 83 milhões
  26. Israel – 61,18%, população: 9 milhões
  27. Maurício – 60,31%, população: 1,2 milhão
  28. Áustria – 59,68%, população: 8,8 milhões
  29. Suécia – 59,62%, população: 10,2 milhões
  30. Maldivas – 59,33%, população: 531.000
  31. Mônaco – 58,54%, população: 39.000
  32. Luxemburgo – 58,08%, população: 614.000
  33. Camboja – 57,28%, população: 16,5 milhões
  34. Hungria – 56,72%, população: 9,7 milhões
  35. Finlândia – 56,34%, população: 5,5 milhões
  36. Lituânia – 56,26%, população: 2,8 milhões
  37. Equador – 55,10%, população: 17,4 milhões
  38. República Tcheca – 54,74%, população: 10,6 milhões
  39. Grécia – 54,54%, população: 10,6 milhões
  40. Estados Unidos – 54,44%, população: 328 milhões
  41. Liechtenstein – 54,28%, população 38.000
  42. Andorra – 54,23%, população: 77.000
  43. Malásia – 53,29%, população: 31,9 milhões
  44. Suíça – 52,76%, população: 8,5 milhões
  45. Polônia – 50,29%, população: 37,9 milhões
  46. Japão – 49,96%, população: 126,3 milhões
  47. Arábia Saudita – 48,51%, população: 34,2 milhões
  48. Turquia – 48,13%, população: 82 milhões
  49. Sri Lanka – 47,73%, população: 21,8 milhões
  50. El Salvador – 47.64%, população: 6,4 milhões

De acordo com os dados da John Hopkins, 33,4% da população brasileira está completamente vacinada — o que nos deixa em 62º lugar na lista. É ruim, mas ao menos estamos (um pouco) acima da média global.

Como o New York Times aponta em um artigo no fim de semana, os EUA agora estão entre as taxas de vacinação mais baixas para os países ricos.

Alguns deles, como a Austrália, ainda estão lutando, com apenas 33,79% de sua população vacinada, mas esse número era de 12,18% no final de julho. O Japão é outro que tem lutado com a implantação da vacina, mas atualmente está classificado abaixo dos EUA, com apenas 49,96% dos indivíduos totalmente vacinados.

Assine a newsletter do Gizmodo

A pandemia não vai terminar até que todos os países alcancem taxas de vacinação como os países no topo desta lista. Mas isso fica cada vez mais difícil em países como os EUA e o Brasil, onde a imunização se tornou uma questão política.

Seja vacinado hoje, se ainda não o fez, não importa onde você esteja no mundo. É o mínimo que você pode fazer para nos ajudar a sair desta pandemia. As vacinas contra a Covid-19 são seguras e eficazes.