Netbooks, aqueles pequenos e pouco poderosos computadores que um dia foram considerados os salvadores do mercado de laptops acabaram perdendo muito espaço. Quando a Dell anunciou que ia encerrar a produção, ficou claro que o fim estava próximo – e agora as últimas fabricantes, Asus e Acer, confirmaram que os netbooks estão oficialmente mortos.

O Guardian diz que a Asus e a Acer encerraram a produção dos pequenos computadores com processadores Atom, da Intel, ontem, dia 1. Iniciado com o Eee PC em 2007, o netbook foi – por um curto período, ao menos – uma nova esperança para a indústria de PC. Dispositivos baratos e ultraportáteis com uma bateria decente pareciam atrativos cinco anos atrás, mas muito mudou desde então.

Com a chegada de tablets e ultrabooks, a portabilidade dos netbooks não parece mais tão impressionante. Ao mesmo tempo, o desempenho deles – tanto em velocidade quanto em bateria – tornou-se risível. Combinado com o fato da margem de lucro dos netbooks sera terrível para fabricantes, já que um dos atrativos era o preço baixo, o destino estava selado.

Então, o netbook agora é uma linha descontinuada: não vai mais precisar encarar os escárnios dos fãs de Mac ou a chacota dos usuários de PCs poderosos. Mas não se preocupe: os híbridos com o Windows 8 são os novos netbooks – você vai tirar sarro deles no lugar. [Guardian]