Ah borboleta, você é tão bonita! E certamente tem alguma utilidade na natureza. Cadeia alimentar? Polinização? É, acho que sim. E essas asas, que asas legais você tem! E, hey, ela tem umas propriedades bem bacanas. E se fizéssemos um material baseado nelas para revestir prédios?

Parece loucura, mas é isso o que alguns pesquisadores da Universidade da Pensilvânia fizeram. Usando lasers para criar o padrão de elos cruzados 3D em um material chamado filme de fotorresiste e litografia holográfica para recriar as propriedades refletivas das asas, a equipe, liderada por Shu Yang, conseguiu criar um material que imita as asas das borboletas. De quebra, o material ainda repele água, outra característica do inseto que, no caso, o ajuda a voar durante a chuva.

O material poderá ser usado para criar painéis solares mais eficientes e, na visão de Yang, na criação de prédios mais… bonitos. Ela disse à New Scientist estar trabalhando com arquitetos para a produção de uma versão mais barata que, aplicada no exterior de prédios e conectada a um chip, permitiria que as cores da fachada fossem facilmente controladas. Como efeito colateral bônus, por não se dar bem com água, não seriam necessárias limpezas frequentes. Um protótipo deve ser apresentado em junho. [New Scientist]