Sejamos honestos: ninguém, com exceção desses malucos dos vídeos, compra um smartphone para arrebentá-lo no chão. Mas acidentes acontecem, e nesses casos é bom que o celular seja resistente, afinal ele não é exatamente barato. Agora com mais alumínio do que vidro em sua composição, como o iPhone 5 se sai nos testes de queda?

Muito bem, eu diria. O iFixYouri pegou um modelo novinho de iPhone 5, recém-saído da caixa, e fez aqueles testes básicos: queda do colo, do bolso, da altura do peito, coisas simples, mas que transformariam um iPhone 4/4S em um pedaço de vidro estilhaçado. No novo? Não é o caso. Ele parece ser bem resistente e só teve a tela destruída no último teste que, em uma situação real, só se desenharia se… sei lá, uma ligação muito importante caísse: o teste do ódio concentrado no celular, aquele onde você o joga contra o chão com muita força.

O outro, feito por um cara agitadíssimo do Android Authority, colocou o iPhone 5 contra o Galaxy S III, da Samsung. Após assisti-lo, você conclui três coisas: 1) a fama de smartphone frágil do iPhone parece realmente ter ficado no passado; 2) plástico, definitivamente, não é sinônimo de resistência; e 3) se seu smartphone cair, naqueles segundos que parecem séculos entre o escorregão e o impacto contra o chão, reze para ele não cair de quina. Confira aí:

[iFixYouriAndroid Authority]