Os tablets dos nossos sonhos

Os computadores dos filmes não se parecem em nada com os brutamontes que carregamos todo dia. Eles são finos e leves, um só painel que ganha vida quando tocado. A tecnologia segue os sonhos de Hollywood; espero que esta montagem seja um prenúncio do que virá em breve. Assista:

Os computadores dos filmes não se parecem em nada com os brutamontes que carregamos todo dia. Eles são finos e leves, um só painel que ganha vida quando tocado. A tecnologia segue os sonhos de Hollywood; espero que esta montagem seja um prenúncio do que virá em breve.

O mundo ficaria chocado se a Apple não revelar um tablet semana que vem. Ele não seria o primeiro tablet, de forma alguma, e nem seria o primeiro com multitoque, claro. Mas nós imaginamos que o tablet represente a fusão de dois dos sonhos mais firmes de nerds de ficção científica e de pessoas comuns também.

Compilada para o Giz por Mike Byhoff e Frank Cozzarelli para celebrar o duradouro caso de amor entre a ficção científica e tablets/interfaces de toque, esta montagem não requer explicações. Mas há algumas coisas para se pensar:

Existem muitos outras visões de computadores com tela sensível a toque por aí, no cinema e na TV — se você conseguir encontrá-las, coloque nos comentários.

Um obrigado especial para Mike Byhoff e Frank Cozzarelli da Gawker TV por trabalharem hora extra para fazer esta montagem. A música do vídeo — escolhida por cair bem com sci-fi, por ter um bom ritmo e por não ser nem um pouco parecida com techno dos anos 90 — é "Lovely Allen", da banda Holy Fuck.

Sair da versão mobile