Ciência

Ozempic falso identificado pela OMS no Brasil: como descobrir a falsificação

Assim como o Brasil, a OMS revelou que o Ozempic falso também apareceu no Reino Unido; confira os detalhes
Imagem: Novo Nordisk/Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu um alerta global sobre a fabricação e venda do remédio Ozempic falso no Brasil.

3 lotes falsos de Ozempic no Brasil

whatsapp invite banner

Na última quinta-feira (20), a OMS afirmou que três lotes falsos de medicamentos com semaglutida, especificamente da marca Ozempic, foram detectados no Brasil em outubro de 2023.

Assim como o Brasil, a OMS revelou que o Ozempic falso também apareceu no Reino Unido, em outubro de 2023. Nos EUA, o medicamento falso foi detectado em dezembro de 2023, de acordo a OMS.

A OMS afirmou observar o aumento de falsificação do Ozempic desde 2022 através do seu Sistema de Monitoramento e Vigilância Global (GSMS).

O alerta, que aponta os riscos em relação ao consumo de Ozempic falso e também ajuda a descobrir se o medicamento é legítimo, é a primeira notificação oficial da OMS.

O Ozempic é um remédio para o tratamento da diabetes do tipo 2, mas muitos usam para o emagrecimento. A injeção do Ozempic envia sinais ao cérebro que passam a sensação de saciamento, ajudando as pessoas a perder peso ao reduzir o apetite.

Por isso, pessoas sem diabetes compram o remédio com o objetivo de emagrecer, levando a uma escassez do medicamento, resultando, consequentemente, na produção de Ozempic falso.

De acordo com a OMS, lotes do Ozempic falso foram apreendidos no Brasil, mas não deu detalhes sobre a operação.

Como identificar o falso 

Segundo a OMS, a Novo Nordisk, fabricante do Ozempic, confirmou a falsificação do medicamento em três lotes listados no alerta.

O Ozempic com a identificação LP6F832, encontrado no Brasil, é falso, conforme a informação da Novo Nordisk na nota da OMS. No entanto, o lote MP5E511 é genuíno, mas o produto detectado no Reino Unido é falso.

Informações sobre Ozempic falso vendido no Brasil e no Reino Unido

Imagem: OMS/Divulgação

Portanto, a OMS lista as seguintes formas para identificar o Ozempic falso:

  • Evite os produtos dos seguintes lotes: LP6F832, MP5E511 e do lote NAR0074 com número de série 430834149057;
  • Examine a caneta: lotes de Ozempic falsos apresentam canetas com problemas na parte que mostra a quantidade da dose. Isso afeta a precisão da dosagem;
  • Avalie a qualidade do rótulo. O rótulo pode ser de má qualidade;
  • Procure erros ortográficos na embalagem do Ozempic, que podem aparecer na parte frontal

Risco à saúde

Em nota, a OMS aconselhou as autoridades, os médicos e, sobretudo, os pacientes, a se informarem sobre os lotes falsos do Ozempic.

O órgão alerta que os medicamentos falsos podem não conter a semaglutida, ou ter outras medicações, como a insulina. Desse modo, as consequências do Ozempic falso são “imprevisíveis”, com efeitos perigosos à saúde das pessoas.

Assine a newsletter do Giz Brasil

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas