Carrinhos elétricos de brinquedo prometem para as crianças toda a emoção de dirigir sem precisar de uma CNH. Mas, na verdade, eles são muito lentos e desapontam os pequenos. A menos, entretanto, que seu pai seja Richard Whelan, que “tunou” o Mini Cooper Power Wheels rosa de sua filha com um motor de corrente contínua sem escovas.

Para aumentar a segurança, Whelan também fez um controle remoto para limitar a velocidade. Mas o volante, para o bem e para o mal, ficou na mão das crianças:

1288280555135705492

Como o carro parece ter tração apenas em uma das rodas traseiras, ele tem a tendência a virar para a esquerda em superfícies escorregadias (como madeira ou grama) quando o acelerador é acionado. Mas, em asfalto ou concreto, ele consegue seguir em linha reta. [YouTube via Tastefully Offensive]

[youtube Ycfv3QIqvco 740 416]