Sempre presumimos que point-and-shoots sejam simples: Você aponta e fotografa. A Lumix FP7 encoraja esse pensamento removendo praticamente todas as distrações de hardware; você tem uma tela de toque de 3,5 polegadas e praticamente mais nada.

A Lumix FP7 de 16.1MP é um dos casos onde “menos é mais”. Ela é ridiculamente lisa – a frente tem um acabamento espelhado e a traseira tem uma tela de toque LCD de 3,5” que pode ser usada para autofoco, disparador e zoom. Há também três novos modos para retocar fotos com os dedos depois de registrá-las. Malditos sejam os botões! Ela também faz vídeos em 720p e tem o sistema automático inteligente da Panasonic que inclui estabilização de imagem óptica, ISO inteligente e detecção facial.

A Panasonic também está apresentando a FP5 com 14.1MP e uma tela um pouco menor, de 3 polegadas. Tão minimalista quanto a anterior, mas não tão impressionante.

A FH27 foi redesenhada para ser pequena e fácil de segurar; ela pode ser totalmente controlada através de sua tela de toque de 3” (incluindo autofoco, zoom e disparador); faz vídeos em 720p e também tem o sistema automático inteligente da Panasonic e duas novas funções: autofoco contínuo e exposição inteligente. A FH27 também tem o “Sonic Speed Autofocus” – não dá pra discutir com isso! – para um tempo de resposta do disparador que pode chegar a .005 segundos.

A Lumix FH5 é uma câmera ultracompacta mais convencional – ela tem um sensor de 16.1MP, zoom óptico de 4x, faz vídeos em 720p e tem uma lente grande-angular de 28mm. Vem acompanhada pela FH2; ambas ficaram mais finas desde sua última geração e ainda tem o sistema automático inteligente. [Panasonic]