Em abril, a Missão Landsat de Continuidade de Dados, da NASA, capturou um panorama enorme. A 700 km acima da Terra, o satélite tirou fotos por uma área com 9.000 km de comprimento e 185 km de largura – uma faixa da Rússia até a África do Sul.

O panorama é chamado, apropriadamente, de “A Longa Faixa”. Ah, e ele tem 19,06 gigapixels. É incrível ver as diferentes condições geográficas ao longo do percurso: rios gelados, florestas exuberantes e o deserto.



“Isso é tipo o Google Earth?”, você se pergunta. Em certos aspectos, isto é ainda melhor. O Google reúne várias imagens tiradas em momentos diferentes – nem sempre muito nítidas – e as reúne em uma só. O Landsat, por sua vez, levou apenas cerca de 20 minutos para capturar todas as imagens – afinal, ele se move a 27.000 km/h.

Isso significa que o panorama praticamente representa o que estava acontecendo num pequeno intervalo de tempo ao longo de 9.000 km. E a qualidade das imagens é bem melhor do que às vezes encontramos nos mapas.

O NASA Earth Observatory reuniu os dados de várias maneiras diferentes, assim você pode explorá-los como quiser:

Aproveite! [NASA Earth Observatory via PetaPixel]

gigapan-nasa