O Motorola Razr – saudoso V3 no Brasil – deve ser relançado como um smartphone de tela dobrável, conforme a reportagem do Wall Street Journal. Acrescentando mais detalhes à primeira informação, um pedido de patente na Organização Mundial da Propriedade Intelectual revela como deve ser o visual desse celular, como você pode ver na imagem acima.

O Motorola Razr vai voltar como smartphone de tela dobrável
Samsung vai mostrar novo Galaxy S10 em fevereiro, e smartphone dobrável também deve dar as caras

O documento foi descoberto pelo pessoal do blog 91Mobiles e havia sido registrado no dia 17 de dezembro de 2018. A imagem mostra o que parece ser um smartphone dobrável ao meio com uma telinha exterior, bem no estilo fo finado Razr. A única diferença que o teclado numérico deu lugar a uma tela de smartphone.

Aparentemente, esse seria o exterior do smartphone. Nesta imagem, ele está dobrado.

Os rumores estão pegando alguma tração, então é bem provável que em algum momento tenhamos um smartphone flexível da Lenovo/Motorola.

A reportagem do WSJ publicada na semana passada, dizia que a Lenovo e a operadora americana Verizon se juntaram para criar um Razr com tela dobrável, que deve começar a ser vendido já em fevereiro deste ano por US$ 1.500 (R$ 5.662, na cotação atual). A intenção das empresas é fabricar 200 mil unidades do aparelho, para bater de frente com o smartphone dobrável da Samsung que será anunciado no dia 20 de fevereiro e deve custar mais do que US$ 1.500.

Depois da breve experiência com Royole Flex Pai na CES, dá para dizer que o futuro dos celulares dobráveis faz os olhos brilharem, mas não muito mais do que isso. Neste momento, me parece que serão dispositivos bem desajeitados (como é comum com novas tecnologias). Talvez eu não esteja enxergando todo o potencial da coisa.