A casa de leilões RR Auction, de Boston, nos Estados Unidos, anunciou que um meteorito lunar encontrado no ano passado no norte da África foi vendido por mais de US$ 600 mil na última sexta-feira (19). A peça foi vendida para um representante do complexo religioso Tam Chuc Pagoda, no Vietnã.

• Astrônomos querem saber se luas podem ter suas próprias luas
• SpaceX vai mandar pela primeira vez um cliente para uma viagem até a Lua

Acredita-se que o meteorito tenha atingido a Terra há milhares de anos, mas ele só foi encontrado no ano passado, na África. A rocha é identificada como NWA 11789 (com NWA significando noroeste da África) e é, na verdade, composto por vários fragmentos individuais menores, o que lhe rendeu o apelido de “Buagaba”, ou “quebra-cabeça lunar”.

O meteorito foi comprado, mais especificamente, por US$ 612.500 (aproximadamente R$ 2,2 milhões na cotação atual), e pesa 5,5 quilos.

É provável que o meteorito tenha se separado da Lua após um impacto do satélite com outro objeto espacial. O exterior da rocha mostra sinais de fricção e de contato com calor pesado, coisas normais de uma viagem de um objeto desses através da atmosfera da Terra. Depois de viajar 384 mil quilômetros até a Terra, impulsionado pela gravidade do nosso planeta, o meteorito caiu na Mauritânia.

Inicialmente, a casa de leilões RR Auction estimava que arrecadaria US$ 500 mil com a venda do artigo, mas o fato de se tratar de um meteorito de origem conhecida — a Lua —, além de, segundo a RR Auction, ser o maior quebra-cabeça lunar já encontrado, certamente ajudou a aumentar seu valor em mais de US$ 100 mil.

Imagem do topo: Divulgação/RR Auction

[BGR]