Algo como O Procurado trazido à realidade, o Pentágono está no momento jogando 22 milhões de dólares na pesquisa de balas que possam alterar a sua rota durante o percurso para atingir seus alvos. A DARPA, escritório de P&D do Departamento de Defesa dos EUA, está financiando 12,3 milhões de dólares à Lockheed Martin e 9,5 milhões para a Teledyne Scientific & Imaging para projetar fuzis de precisão com a munição teleguiada.

A DARPA já tinha investido grana em balas guiadas a laser, mas este negócio no qual a Lockheed Martin está trabalhando – chamada de Exacto, que em inglês é sigla para Munição de Extrema Precisão – é capaz de viajar com precisão independente do ambiente ao redor.

Apesar dos detalhes públicos serem (obviamente) escassos, o fuzil pode vir a incluir “projéteis com estabilização vertical, projéteis com estabilização por rotação métodos internos e/ou externos de controle de atuação aérea, tecnologia de direção de projétil, proteção contra burla, pequenas fontes de energia de estabilização e avançadas tecnologias de mira, resolução óptica e claridade”. Só eu achei ou de fato isto cheira a um cheat para noobs? [Wired]