Pescadores russos bêbados batem barco em submarino nuclear

Você está lá, no meio do mar com seus amigos, rasgando as águas russas em busca de Netuno. Peixes! Peixes frescos! Que dia maravilhoso, meus amigos — que tal mais um golinho de vodka? Claro! E o que é aquilo ali na frente? Um submarino? Acelera, Ayrton! A notícia de hoje da AP relata a […]

Você está lá, no meio do mar com seus amigos, rasgando as águas russas em busca de Netuno. Peixes! Peixes frescos! Que dia maravilhoso, meus amigos — que tal mais um golinho de vodka? Claro! E o que é aquilo ali na frente? Um submarino? Acelera, Ayrton!

A notícia de hoje da AP relata a bela cena acima, quando bêbados fizeram a festa na Baía de Avachino, na Rússia. Apesar de vários alertas partindo da tripulação do submarino, os pescadores atingiram em cheio o pobre brinquedo nuclear. E, claro, descobriu-se mais tarde que todos eles estavam completamente bêbados.

Felizmente, nenhum dano sério foi encontrado no submarino. Mas se o barco fosse maior e a colisão mais agressiva, a coisa poderia ter ficado muito feia. Submarinos nucleares são simples — movidos por pequenos reatores nucleares, não é o tipo de coisa que você quer ver rachando ao meio no meio de um mar lotado de peixes. Nesse caso, a ressaca seria bem pior. [Washington Post]

Sair da versão mobile