Pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan atualizaram o peixe-robô nadador autônomo chamado Grace – vem de Gliding Robot ACE – com a habilidade de nadar seguindo o fluxo da água, ou seja: ele consegue nadar (quase) eternamente com apenas uma recarga na bateria.

Por enquanto ele foi desenvolvido para pesquisa, mas assim que puder ser usado por humanos, teremos um cruzamento entre Tubarão e o Exterminador do Futuro… Fantástico!

A atualização do Grace inclui uma bomba d’água para o peixe-robô poder subir ou descer para partes mais calmas de um lago ou rio. E além da cauda móvel que faz o peixe se movimentar, a bateria deste robô desliza para frente e para trás em sincronia com a bomba d’água, gerando movimentos sutis que impulsionam o peixe.

As implicações perigosas desta criatura são reais? Bem, o Grace foi desenvolvido para coletar amostras e relatar condições da água e níveis de poluição de lugares que ele nada – então talvez ele seja mais amigável do que parece. [Michigan State University via NewScientist]

peixe2 peixe3