O Philips DirectLife Activity Monitor pode não parecer algo além de um acelerômetro à prova d’água. Mas ele pode ser genial.

Usando um programa da Philips, você carrega seus objetivos de exercício físico (a quantidade de exercício diário que você quer realizar) no dispositivo. Então, à medida que você se movimenta no dia, com o monitor no seu bolso, uma série de pontos opacos vão ficando verdes. A cada 15% da sua meta diária, esta barra de status preenche um ponto.

Se você for tão viciado como eu em ver barras de status chegarem no fim, como baixando ou copiando arquivos, este dispositivo pode causar níveis quase perigosos de exercício físico — até porque o mostrador deixa espaço para você passar da meta, digamos 115%.

O Activity Monitor custa 80 dólares, e você precisa pagar 12,50 dólares por mês, o que lhe garante conselhos personalizados de uma pessoa de verdade. E a Philips diz que eles têm vários algoritmos para detectar movimento bem melhor que acelerômetros tradicionais, como a diferença entre correr e fazer cooper e limpar a casa. Se pelo menos a Philips tivesse um monitor para a minha carteira, para ver que o preço é alto demais para um gadget até então promissor. [Philips via ubergizmo]