Dado tudo o que está acontecendo, pode demorar um pouco até que o próximo celular intermediário do Google chegue às lojas.

Embora a maioria das principais especificações técnicas do Pixel 4a, o sucessor do smartphone mais vendido do Google, já tenha sido revelada graças a uma série de vazamentos, sua data oficial de lançamento continua sendo um mistério.



Por um tempo, muita gente acreditou que o Google lançaria o Pixel 4a em maio no Google I/O, como foi no ano passado com o Pixel 3a.

Essa data de lançamento foi adiada para o começo do segundo semestre, depois que o surto de coronavírus levou o Google a mudar de ideia e trocar seu encontro anual presencial por uma apresentação ao vivo por streaming, mesma coisa que fizeram muitas outras empresas que tinham eventos marcados.

Agora, o notável vazador Jon Prosser afirma que encontrou evidências para sugerir que isso tudo era uma ilusão.

“Parece que o Google atrasou o Pixel 4a DE NOVO”, ele tuitou neste fim de semana. “O anúncio ainda será feito em 13 de julho, mas no sistema, o modelo ‘Black’ está para ser lançado em 22 de outubro”. Ele acrescentou que os registros não mencionam um modelo “Barely Blue”, sugerindo que o Google pode ter abandonado esta cor completamente.

“Esperei a semana inteira para relatar isso para ver se havia algum erro no sistema”, continuou Prosser em um segundo tweet. “Mas já confirmei várias vezes neste momento. Estou atento às coisas e ao desenvolvimento, já que isso pode mudar mais uma vez.”

Esse atraso coincidiria com a forma como o Google lidou com outro anúncio importante, o lançamento do beta público do Android 11. Ele foi adiado no começo do mês em meio aos protestos contra a brutalidade policial após a morte de George Floyd. Em um tweet anunciando a notícia, o Google disse que “agora não é hora de comemorar”.

Realmente, agora parece um momento difícil para dar uma olhada no mais recente gadget de tecnologia como se nada estivesse acontecendo. Mesmo assim, eu não consigo deixar de pensar que, considerando todos esses supostos atrasos e a enxurrada de vazamentos que já vimos, o Google já está com o Pixel 4a pronto para ser lançado neste momento e está apenas esperando a aprovação comece a mandá-lo para as lojas.

Prosser sugere isso, acrescentando que adiar o Pixel 4a até o outono provavelmente adiará o lançamento do telefone principal do Google, o Pixel 5, também. Obviamente, tudo é apenas conjectura neste momento, mas faria sentido que esse atraso tenha um efeito dominó na programação de lançamentos do Google (não muito diferente do que vimos com a cadeia de filmes de super-heróis da Marvel).

Você pode conferir nossa cobertura anterior sobre os rumores do Pixel 4a e as especificações que vazaram aqui.

As informações indicam que o próximo smartphone intermediário do Google terá uma câmera frontal em um buraquinho, processador Qualcomm Snapdragon 730 e chip de segurança Titan M embutido, além de conta com a opção de carregamento sem fio.

Quanto ao preço, há rumores de que ele vai custar a partir de US$ 349, um preço agressivo na briga com seu principal concorrente, o iPhone SE, a volta da Apple aos aparelhos desta faixa de preço mais acessível. Infelizmente, parece que não haverá um Pixel 4a XL.

Dado o grande sucesso da última linha de celulares intermediários do Google, o Pixel 3a e o Pixel 3a XL, tem muita coisa em jogo neste lançamento. Portanto, não é uma surpresa que o Google prefira ser cuidadoso e esperar um pouco, pelo menos até que o mundo esteja um pouco menos maluco.