Pixel Qi pode tornar e-reader mais desejáveis

Mary Lou Jepsen, uma celebridade do OLPC, tem uma nova tela que pode tornar o e-reader um gadget mais viável, desejável e até relativamente barato. É basicamente um LCD com dois modos: um para uso típico e outro “reflexivo”, que requer muito menos energia e é mais amigável aos olhos. Josh Quittner, da “Time”, conferiu um display da Pixel Qi e ficou impressionado.

Ele afirma que as cores são praticamente tão vibrantes quanto as de um LCD comum e que o vídeo rodou “de modo perfeitamente liso”. Em um e-reader, a duração da bateria seria de cerca de 40 horas – não chega ao nível do Kindle, mas é bem longa de qualquer maneira. O melhor de tudo é que Jepsen diz que a tecnologia está pronta para ser produzida, a um preço relativamente barato: por volta de US$ 200, para uma tela de 10”. Essa pode ser a tecnologia que finalmente levará os e-readers a atingir o seu potencial. [Time]

Sair da versão mobile