Santo Deus — isso é foda. O que você vê aqui é o produto das novas placas gráficas da AMD com a função Eyefinity, que te deixa usar vários monitores diferentes como se fosse um só.

Características específicas da tecnologia estão sendo mantidas em segredo, mas uma demonstração recente revelou, para a surpresa de muitos, que a coisa toda roda em apenas uma GPU. Ela também usa vários conectores DisplayPort — neste caso, seis monitores de 30" da Dell foram configurados para rodar como um único monitor, com resolução de 7680 x 4800.

O Eyefinity é possibilitado por uma combinação de hardware e software em desenvolvimento pela AMD. Na parte de hardware, as novas Radeon da AMD terão de 3 a 6 saídas de vídeo de vários tipos (DisplayPort, DVI, HDMI etc). Estas saídas serão gerenciadas por um software atualmente apelidada de SLS, ou Single Large Surface. Usando a ferramenta SLS, os usuários conseguem configurar um grupo de monitores para trabalhar com o Eyefinity e se comportarem como um único monitor grande.

O site Maximum PC testemunhou XPlane 9 e Far Cry 2 rodando em resolução máxima no Eyefinity, a 12-20 frames por segundo. O site HotHardware nota que DiRT 2, um jogo de corrida que vai usar o DX11, foi jogado em 7680×3200 com "frame rates perfeitamente aceitáveis". Eles também alegam que há planos para integrar suporte a Crossfire no futuro, e que a AMD fez parcerias com fabricantes para criar displays ultrafinos especificamente para uso com o Eyefinity. Quanto teremos e que esperar e quanto teremos que pagar são duas questões para as quais ninguém tem a resposta ainda. E, cá pra nós, eu mesmo não sei se quero saber a resposta para a segunda parte da pergunta. [Hot Hardware and Maximum PC]