Depois de quase 3 anos consecutivos sendo o console mais vendido no Estados Unidos, o Nintendo Switch perdeu o posto para o PlayStation 5 em setembro.

Segundo o analista da NPD Mat Piscatella, o PS5 foi o vencedor tanto no total de vendas como no valor obtido em dólares. “Isso marca o fim de 33 meses consecutivos com o Nintendo Switch liderando as vendas de hardware”, disse Mat em seu perfil no Twitter.

De acordo com Piscatella, as vendas do videogame nos Estados Unidos tiveram um aumento de 49% em setembro de 2021 em relação a setembro anterior. As vendas totais no ano, até agora, chegam aos US$ 3,4 bilhões.

A linha de consoles da Sony não assumia a dianteira das vendas no país desde novembro de 2018, quando ainda tinha o PlayStation 4 como carro-chefe.

Um dos motivos que podem explicar a queda nas vendas do Switch é o lançamento da versão com display OLED. A companhia estava se preparando para anunciar a versão atualizada do sistema, fazendo com que muitos fãs que pretendem adquirir o console esperem um pouco para ter o modelo mais novo.

Embora o PS5 seja agora o console mais vendido (em dólares gastos) não apenas em setembro, mas em 2021 no geral, o Switch ainda vendeu mais unidades ao longo do ano.

Assine a newsletter do Gizmodo

Outro fator importante, que pode ter a ver com o reinado do Switch como best-seller nos últimos três anos, pode estar relacionado ao fato de o fornecimento do PlayStation 5 e do Xbox Series X|S ter sido comprometido nos últimos meses. O motivo? Toda aquela história de falta de chips, que você já está careca de saber — como mostra este texto do Gizmodo.

Não há ainda uma projeção para dizer se essa queda seguirá neste mês de outubro ou se o queridinho voltará ao topo. Por enquanto, vale o recorde, já que o Switch conseguiu ficar na liderança por tanto tempo mesmo com os lançamentos de PlayStation 5 e Xbox Series X|S acontecendo nesse período.