Eu sei muito pouco sobre a Austrália, além do fato de que ela é basicamente uma versão mais esquisita dos Estados Unidos com um problema de gatos ferozes. Mas estou familiarizado o bastante com o país para saber que a polícia australiana ressuscitando um canguru afogado usando massagem cardíaca na praia é a coisa mais australiana possível.

• Este adorável e minúsculo bebê polvo é na verdade um assassino sem escrúpulos
• Novo estudo reforça que o seu cachorro entende o que você fala — e ainda se esforça para aprender



A agência de notícias AFP noticia que a polícia australiana foi chamada para a Safety Beach, em Melbourne, no domingo (28), para resgatar um canguru no oceano. Ele havia chegado à areia da praia e estava envolto por um cobertor quando os policiais chegaram ao local. Porém, o animal logo voltou para a água. Normalmente, cangurus são exímios nadadores, mas esse apresentou dificuldades com as ondas e, uma hora, ficou inconsciente. Dois policiais então entraram na água. o tiraram de lá e ressuscitaram o canguru fazendo massagem cardíaca.

Não, não rolou respiração boca a boca — eles apenas fizeram compressões torácicas, segundo a reportagem da AFP. Agora, segundo a agência, o canguru passa bem.

Funcionários de emergência da Austrália estão bastante acostumados a ajudar animais em dificuldades. Talvez você se lembre do vídeo viral de 2009 em que um bombeiro voluntário australiano dá água a Sam, um coala ferido. Embora essa história tenha sido reconfortante e tenha gerado mais de US$ 2 milhões em doações para a Fundação Australiana dos Coalas, ela teve um grande impacto sobre o bombeiro, que perdeu seu emprego principal diante da repercussão.

De qualquer forma, estou feliz que o canguru esteja vivo e não tenha se afogado de vez. Espero que, pelo bem dos policiais que o salvaram, as fotos do incidente não vazem na internet. O que, é claro, não significa que eu não vá querer vê-las caso alguém as poste.

Siga o Gizmodo Brasil no Instagram.

[AFP via phys.org]

Imagem do topo: Chris Fithall (Flickr)