Depois de ver a bebezinha abandonada, quase fora da cadeirinha e toda vomitada, uma testemunha ligou pra polícia. Os policiais confrontaram Agerenza, de 19 anos, que os agrediu e levou dois choques de taser antes de ser presa.

A Flórida é um estado bem maluco, mesmo. [Daily Mail via Nick Bilton]