A Apple venceu uma disputa que proíbe a Samsung de vender o Galaxy Tab na Austrália. Prontamente, a Samsung parou de veicular publicidade sobre o Galaxy Tab 10.1 e não venderá o aparelho no país… pelo menos por enquanto.

Trata-se de mais uma batalha nos tribunais envolvendo violação de patentes entre as duas empresas. A Apple alega que o Galaxy Tab 10.1 infringe 10 patentes da Apple, incluindo o “visual” do iPad. De acordo com a Bloomberg, Steven Burley, um advogado da Apple, “também quer que a Samsung pare de vender o tablet em outros países”.

Os advogados de ambas as empresas chegaram a um acordo para que a Samsung pare de fazer publicidade do Galaxy Tab 10.1 e não venda o aparelho até “ter a aprovação da justiça ou que a ação seja retirada”. Se a Apple perder o processo por violação de patente, a empresa terá de pagar a Samsung pelos danos causados (que seria, no caso, a perda de vendas durante certo período, além de outros detalhes). A situação nada agradável entre duas empresas outrora parceiras está ficando cada vez pior. Confira os próximos capítulos. [Bloomberg]