Durante um mês e meio, não há um mísero sinal de Sol na Groêlandia, por causa do ângulo da Terra em relação à nossa estrela favorita. Assim, as pessoas aguardam ansiosamente a chegada do dia 13 de janeiro, quando o Sol nasce novamente todo ano. Quer dizer, pelo menos até 2011.

Em 2011, o Sol nasceu 48 antes de sua data prevista. Por volta da 1 da manhã da terça-feira, os primeiros raios surgiram no horizonte. A mudança deixou todo mundo perplexo, inclusive os cientistas. Mas, não, isso não quer dizer que a inclinação do Sol mudou ou que nós saímos de nossa órbita ou que o Sol mudou de posição.

A explicação, de acordo com Thomas Posch, do Instituto de Astronomia da Universidade de Viena, é uma mudança local do horizonte: como os níveis de gelo estão diminuindo, o horizonte também está. Os raios do Sol – que chegam num ângulo muito baixo por conta da inclinação da Terra – não são bloqueados pela massa de gelo do Leste e conseguem atingir áreas cobertas de sombra, com iluminação direta.

Os cientistas acreditam que a explicação é sólida, já que a temperatura em 2010 aumentou (na Groêlandia, 3ºC) e os níveis de precipitações de neve e gelo diminuíram. [Daily Mail]