Tem muita gente apostando em TVs inteligentes e set-top boxes que conectam aparelhos simples à Internet. A promessa é mais conteúdo e apps. O Google é um desses players e, desde 2010, tenta emplacar o Google TV. O sistema, que até meados desse ano estava restrito aos EUA, começa a chegar a outros mercados e o Brasil está na lista. Já sabemos até o modelo que fará a estreia da plataforma por aqui.

O primeiro Google TV nacional será o NSZ-GS7 Internet Player com Google TV, da Sony. O negócio é bem simples, como tudo que envolve TV deve ser: basta conectá-lo usando um cabo HDMI e, de posse do seu invocado controle remoto, com área sensível para navegação e teclado completo atrás, navegar pelos apps nativos e por outros fornecidos via Google Play.

Há, porém, dois grandes entraves para a popularização do Google TV no Brasil. Primeiro, o preço: a Sony pede R$ 899 pelo NSZ-GS7. É um valor bem salgado, mesmo quando comparado a set-top boxes de outras empresas, como Apple e Boxee. O outro, as limitações do Google Play fora dos EUA. Por aqui não temos música, nem conteúdo em vídeo, duas grandes forças e justificativas para se ter algo como o Google TV na sala de estar e que a concorrência, no caso a Apple, já oferece.

Há rumores de que o Google Play completo chegará ao Brasil no final do ano — é por isso, inclusive, que estamos segurando um pouco o review do Nexus 7. Enquanto isso não acontece, Sony e Google fecharam parcerias e exibirão, no set-top box, programação da TV aberta (Record, SBT, Globo, Band), portais de Internet (iG, UOL), previsão do tempo via Climatempo e serviços de vídeo por streaming (Netflix e Crackle). Para você, isso mais a promessa de um Google Play completo no final do ano é o suficiente para gastar R$ 900 em um Google TV? O Sony NSZ-GS7 entra em pré-venda no dia 15 de outubro e começa a ser vendido em novembro. [ZTOP]