A Microsoft é, antes de tudo, uma empresa de software, e fará esta semana um evento para desenvolvedores onde ela dará um vislumbre do que está por vir no Windows.

A Build do ano passado focou em demonstrar o Windows 10 (que já havia sido anunciado alguns meses antes), e o evento de hoje deve se concentrar novamente no sistema. Eis o que esperar.

Como assistir

Ao contrário de certas empresas que não vem ao caso citar, a Microsoft facilita na hora de assistir seus eventos via livestream. Basta visitar o endereço channel9.msdn.com e acompanhar as novidades. A keynote principal começa às 12h30 (horário de Brasília).

O que esperar

Windows 10

O Windows 10 está aí há pouco mais de um ano, mas a Microsoft ainda tem muito trabalho a fazer. O Redstone, codinome para a próxima fase de atualizações, terá algumas novidades interessantes para PCs e smartphones. Os rumores não revelam tantos detalhes – provavelmente teremos algumas surpresas no evento – mas há alguns recursos a se esperar.

Um dos eventos da Build, marcado para 1º de abril, diz na descrição que “os blocos dinâmicos estão evoluindo com duas surpresas altamente solicitadas que você não vai querer perder”.

Acredita-se que os blocos dinâmicos se tornarão interativos. O conceito abaixo, publicado em 2014, mostra que a Microsoft está pensando em blocos interativos há algum tempo. Rumores diziam que isto viria com o Windows 10, o que não aconteceu até o momento.

Também esperamos por outra mudança na interface: a Central de Ações e a Cortana devem ganhar um novo design com cards interativos. Estes conceitos internos da Microsoft, revelados pelo WinBeta, mostram como isso deve funcionar. Vale lembrar que este design ainda não é o final, então pode sofrer mudanças até chegar aos usuários.

actioncenterconcept cardconcepts

A Microsoft anunciou uma nova versão universal do Skype para PC e smartphone, então esperamos por mais detalhes sobre isso no evento. O MSPowerUser testou uma versão preliminar, e mostra como ela funciona no vídeo a seguir:

O app do OneDrive também ganhará um redesign, como mostra este vídeo do MSPowerUser:

O app Fotos deve ganhar a busca inteligente encontrada atualmente no site do OneDrive, permitindo ao usuário pesquisar por locais e também por pessoas nas fotos. O aplicativo vai escanear as imagens automaticamente procurando por rostos, e vai analisar os metadados para saber o local.

Além disso, o Microsoft Edge provavelmente estará nos holofotes após enfim receber extensões de navegador este mês.

Também esperamos por novidades sobre as “pontes” para levar mais apps à Loja do Windows. O projeto Islandwood permite criar apps universais a partir de código do iOS, mas a ferramenta para tanto funciona apenas com a linguagem Objetive-C e ainda está em beta. A Microsoft disse no ano passado que também iria fazer um compilador para a linguagem Swift, mas não mencionou isso desde então.

Uma das promessas da Build do ano passado eram apps portados do Android, que funcionariam apenas em smartphones com a ponte Astoria – mas o projeto foi cancelado.

E provavelmente saberemos mais sobre o Project Centennial, também anunciado na Build do ano passado. Ele permite transformar programas Win32 tradicionais em apps para a Loja do Windows, e foi usado em alguns títulos como o jogo Rise of the Tomb Raider.

Este ano, a Microsoft adquiriu a Xamarin, empresa que fornece um kit a desenvolvedores para facilitar a criação de apps multiplataforma no iOS, Android e Windows. Devemos ver mais detalhes sobre isso.

Xbox e Hololens

A Microsoft prometeu há algum tempo que apps do Windows 10 vão atravessar a divisão de hardware e entrar no Xbox. Ela anunciou que o recurso estará pronto no terceiro trimestre, então é possível que ela deixe as demonstrações para a feira E3 de videogames. Ainda assim, esperamos ver alguns detalhes sobre isso esta semana.

O Sony PlayStation VR tem data de lançamento, o HTC Vive e está em pré-venda, e o Oculus está chegando aos consumidores. Assim, a Build seria um momento oportuno para informar o status atual do headset de realidade mista da Microsoft. Afinal, o HoloLens – que custa US$ 3.000 para desenvolvedores – está em pré-venda e começará a ser enviado hoje, 30 de março.

E quanto a novo hardware?

Pode acontecer, mas este não é o destaque da Build. No evento do ano passado, a Microsoft anunciou o Surface 3 com processador Intel Atom e preço reduzido – quem sabe vejamos um modelo atualizado hoje.

Só não espere coisas como o Surface Phone (previsto para outubro) nem uma nova versão do Surface Pro ou Surface Book. Mary Jo Foley, do ZDNet, diz que a Microsoft vai aguardar até o início de 2017 para tanto: a empresa quer que o Windows 10 Redstone 2 esteja pronto, e que a Intel lance sua nova geração de processadores Kaby Lake.

Foto por Rodrigo Ghedin/Flickr