A primeira onda de câmeras da Kodak basicamente incorporou a point-and-shoot básica: eram baratas, simples, e não particularmente boas. A Slice, primeira P&S touchscreen da empresa, é a primeira tentativa deles de fazer algo melhor.

A Slice é a única câmera que se destaca na nova linha de câmeras point-and-shoot da Kodak, não só por sua tela sensível a toque, como pelo seu preço. Por 350 dólares, você leva fotos de 14MP, vídeo em alta definição (720p a 30fps), estabilização ótica de imagem, bateria de lítio e reconhecimento e tagging facial. O design dela é fino e atraente, mas honestamente, qual câmera touchscreen não é assim?



350 dólares não é pouca grana, e chega perigosamente perto de câmeras P&S mais avançadas, onde ela teria que competir com câmeras tipo a Canon S90, o que parece ser uma ideia terrível. Mas com este tipo de câmera — isto é, prismas retangulares sem muitas funções cuja função é tirar fotos — a prova está nas fotos. [Kodak]