O novo OS X Yosemite é provavelmente o maior redesign do sistema operacional da Apple para desktops. Usamos as maiores novidades do OS na versão preview para desenvolvedores: ele está na direção certa, mas ainda não chegou lá.

Claro, a esta altura do campeonato, não é adequado fazer um hands-on de fato na nova versão – ainda em beta! – do OS X. Algumas das funcionalidades ainda não estão totalmente prontas, enquanto outras (como o iCloud Drive) parecem quase não estar presentes, pelo menos não na forma final que esperávamos. Mas algumas das mudanças no OS X Yosemite são bem notáveis. Vamos a elas.

Design

os x yosemite hands-on (1)

A mudança mais óbvia do OS X Yosemite é estética. Ele consegue ter um visual ao mesmo tempo muito diferente e ainda assim familiar. Cada botão, fonte e ícone de aplicativo está diferente. Para ser mais preciso, o design de botões e ícones ficou mais flat, ou seja, não há falsos contornos ou sombras para fazer tudo parecer mais real.

E a fonte foi alterada pela primeira vez em tempos, desta vez para uma variante da Helvetica que é um pouco mais agradável, como você pode ver no novo calendário…

os x yosemite hands-on (2)

E no Safari…

os x yosemite hands-on (3)

Tudo parece mais limpo. Só o ícone da lixeira e do Finder que parecem meio tontos.

Notificações

os x yosemite hands-on (1)

O Centro de Notificações foi atualizado com um novo visual que empresta o design preto transparente que vemos no painel pull-down do iOS.

No ano passado, o Mavericks ganhou um Centro de Notificações cheio de recursos; com o Yosemite, a Apple o tornou mais útil. No Mavericks, me interessavam mais as notificações em pop-ups, que aparecem no canto superior direito; eu nunca clicava para ver a lista que reúne todas elas.

Agora, a Apple dividiu o Centro de Notificações em duas categorias diferentes. Uma delas mostra tudo como antes, e a outra é a “Hoje” combinando eventos, lembretes, previsão do tempo e ações. Além de replicar algumas das funcionalidades de assistentes automáticos como o Google Now, ele também sinaliza que a Apple pode estar se livrando dos widgets em outras partes do sistema.

Ainda assim, o conceito geral do Centro de Notificação não parece o bastante para eu usá-lo o tempo todo – as notificações ainda são o bastante.

Spotlight

os x yosemite hands-on (4)

A nova busca do Spotlight, e a navegação pelos arquivos em geral, foi bastante melhorada no OS X Yosemite. A primeira coisa que notei: prévias de GIFs animados agora são reproduzidas automaticamente no painel de visualização. Ótimo! Mas não se engane, a mudança é muito mais profunda.

Para muitos usuários, o Spotlight é o aplicativo padrão para abrir arquivos. Basta pressionar Command + Espaço para abrir a barra de pesquisa e digitar, em vez de navegar através de janelas procurando a localização exata do arquivo que você quer. No Yosemite, quando você faz isso, a busca aparece em um painel pequeno diretamente no centro da tela – faz muito mais sentido do que a antiga barra de pesquisa no canto superior direito da tela.

A nova atualização não é apenas convenientemente situada; ele poderia transformar o Spotlight em seu caminho padrão para buscar informações que você normalmente veria em um navegador. Por exemplo, fazer uma conversão de número…

os x yosemite hands-on (9)

… procurar algo na Wikipédia…

os x yosemite hands-on (8)

… ou encontrar lugares próximos para comer.

os x yosemite hands-on (7)

Talvez seja estranho que a Apple esteja usando o que você digitou para prever onde você quer procurar – no Mac, nos e-mails, na Wikipédia etc. Às vezes, quando o Spotlight adivinha errado, eu penso que seria melhor ter realizado a busca no navegador, mesmo. Mas ele acerta bastante, e mostra como uma busca universal poderosa na web e no seu computador é o futuro; por isso é bom ver a Apple firmemente indo nessa direção.

Mail

os x yosemite hands-on (5)

O aplicativo Mail ficou esquecido por anos, mas no OS X Yosemite, ele ganhou um design mais limpo, bem como algumas funções bacanas inspiradas na concorrência da Apple.

A primeira é o Markup (acima), que funciona como a ferramenta de anotação Skitch do Evernote – só que está presa no aplicativo Mail. Ele funciona mais ou menos como você esperaria: é fácil inserir rabiscos e setas em uma imagem, e você também pode fazer isso em PDFs. Além disso, você pode assinar documentos digitais dessa forma. Muito útil! Não é tão poderoso quanto o Skitch, mas mostra pelo menos que a Apple está tentando oferecer por padrão algo que muitos usuários sempre têm que baixar.

os x yosemite hands-on (6)

O outro novo recurso bacana, ao menos em teoria, é o Mail Drop, que permite ignorar as restrições de tamanho de anexo: ele faz upload de arquivos grandes demais para o iCloud, e depois envia um link para o destinatário. Infelizmente, isso não funcionou para mim: continuei recebendo a mensagem de que o arquivo era grande demais para o meu servidor de correio. O Yosemite ainda está em beta – espero que corrijam isso.

Na direção certa

Como eu disse antes, o OS X Yosemite definitivamente não está terminado, e ainda vamos testar algumas das funções de Continuidade, que integram iPhones e Macs. Também estamos ansiosos para a maior integração ao iCloud que, por enquanto, ainda não estava disponível.

Mas, mesmo que todos os recursos anunciados ontem funcionem exatamente como prometido, ainda falta muito até que desktop e plataformas móveis estejam verdadeiramente integrados. Felizmente, o que vemos aqui reflete as ideias mais amplas da Apple sobre o que um sistema operacional de desktop pode ser – não apenas bonito, mas encarando a direção certa.