O Android N deve ser revelado oficialmente em maio, durante a conferência Google I/O, e os primeiros detalhes sobre o sistema começaram a vazar.

>>> 14 novidades do Android 6.0 Marshmallow em relação ao Lollipop puro



O Android Police publicou algumas imagens de como será a interface do Android N – e uma das novidades foi acidentalmente confirmada pelo próprio Google.

As configurações do sistema ganharam um menu lateral, para que você possa alternar entre ajustes de rede, som e armazenamento sem ter que voltar para a tela inicial. E o novo botão de hambúrguer aparece nestas imagens publicadas pelo blog oficial Android Developers:

android n configuracoes

É possível ver isso em mais detalhe nos mockups abaixo do Android Police (eles são baseados em capturas de tela reais, que não podem ser reveladas por enquanto).

android n configuracoes 3

Além disso, a tela inicial das configurações agora exibe dados rápidos em cada categoria. Por exemplo, a seção “Uso de dados” mostra quantos megabytes você consumiu; a seção “Memória” diz quanta RAM está sendo usada; e “Bateria” mostra em quanto tempo ela vai descarregar.

E a tela inicial das configurações terá uma barra no topo com o status das notificações (Tudo, Prioridade ou Nenhum).

android n configuracoes 2

A gaveta de notificações também vai mudar no Android N. As notificações ocupam toda a largura da tela, e não são mais separadas por cards. Elas mostram o nome de cada app ao lado dos ícones correspondentes, que ficaram bem menores.

Na parte de cima, agora existe uma barra de configurações rápidas, para ativar/desativar o Wi-Fi, rede móvel, lanterna e modo não perturbe – é semelhante ao que Samsung e LG vêm fazendo há anos.

android n notificacoes 2

E, ao puxar para baixo, esses botões crescem em “uma animação de deslizamento muito bacana” e permitem acessar mais configurações rápidas, segundo o Android Police.

Elas também ocupam toda a largura da tela, e podem ser reorganizadas. E se a interface ultrapassar nove botões, os próximos serão organizados em uma nova página.

android n notificacoes

Em dezembro, Glen Murphy – diretor de experiência do usuário no Android – contou que o Android N terá multitarefa com tela dividida, algo que pode ser bastante útil em tablets. (O iPad ganhou este recurso no ano passado, e ele já estava presente em dispositivos da Samsung há tempos.)

Além disso, o Android N trará uma mudança profunda: ele não terá mais nenhuma API do Java. Em vez disso, o Google vai usar o OpenJDK, versão de código aberto que vem sendo desenvolvida desde 2007.

A explicação oficial é que isso “criará uma base comum de código para desenvolvedores fazerem apps e serviços”, mas provavelmente está relacionado à briga judicial entre Google e Oracle.

O VentureBeat resume a disputa:

Após adquirir a Sun em janeiro de 2010, a Oracle processou o Google por violação de direitos autorais e de patentes em agosto de 2010, argumentando que o Android não pode usar APIs do Java sem permissão. O Google rebateu, declarando que APIs não podem ser protegidas porque são essenciais para o desenvolvimento de software, colaboração e inovação.

Em maio de 2012, um júri considerou que o Google não violou patentes da Oracle, acrescentando que APIs do Java não podem ser protegidos por direitos autorais. Em maio de 2014, um tribunal federal reverteu parcialmente a decisão do tribunal distrital, desta vez em favor da Oracle, dizendo que APIs do Java podem ser protegidos por direitos autorais.

Em junho de 2015, o Supremo Tribunal dos EUA se recusou a ouvir o caso e o enviou de volta para um tribunal inferior, para que o Google possa argumentar que fez uso justo de APIs protegidas por direitos autorais da Oracle.

A mudança para o OpenJDK não será feita em versões antigas do Android. Espera-se que o Android N seja apresentado em 18 de maio, quando começa o Google I/O.

[Android Police via El Androide Libre]