A Knight Capital perdeu US$ 440 milhões num piscar de olhos na quarta quando o recém-instalado software de negociações ficou maluco. Isso é quase o dobro do faturamento da empresa no segundo trimestre e poderia ser o suficiente para afundar a Knight.

Sabe a preocupação com negociações de alta velocidade no mercado de ações? Pois é.

Então como uma falha epicamente colossal como essa aconteceu? De acordo com o New York Times, a empresa “acidentalmente vendeu todas as ações que havia comprado na manhã da quarta-feira.” Sério:

“O problema da quarta levou os computadores da empresa a rapidamente comprar e vender milhões de ações em mais de cem contas por cerca de 45 minutos depois que a bolsa abriu. Aquelas negociações empurraram o valor de muitas ações para cima e as perdas da empresa parece que ocorreram quando ela teve que vender as ações superfaturadas de volta ao mercado a preços menores.”

Ops. Como isso pode acontecer por acidente? Não foi a primeira vez que um erro de computador causou perdas enormes no mercado de ações — na verdade, a Knight se deu bem mal durante o fiasco do IPO do Facebook na NASDAQ — e isso continuará acontecendo se o mercado não for melhor regulado. Instituições financeiras odeiam regulamentações, mas este caso mostra que as regras não existe apenas para proteger a nós, da plebe. Elas podem salvar a vida de bilionários também. [New York Times. Foto: Mark Lennihan/AP]