O Samsung Galaxy S já leva o processador Hummingbird, um dos mais velozes para dispositivos móveis disponíveis até então. Mas o anunciado Orion, baseado na arquitetura ARM Cortex A9 com dois núcleos, faz seu antecessor parecer muito comum, felizmente.

Entre as habilidades do Orion que a Samsung fez questão de frisar: capacidade de filmagem em 1080p, exibição de até 30fps, e cinco vezes mais performance em gráficos 3D do que o Hummingbird – que já é mais do que veloz nesse aspecto. Ele também poderá conectar duas telas em uma só e até suportar o uso de um monitor externo – o que parece muito bom para um tablet, não?

Quando e onde? No final do ano em estoques limitados, mas ele deve entrar de vez na família Galaxy S apenas no segundo semestre de 2011.