O Project Novena parecia exageradamente ambicioso: a ideia era criar um laptop baseado em designs disponíveis gratuitamente – mas o dispositivo em si custaria a partir de US$ 2.000. Os engenheiros Andrew “Bunnie” Huang e Sean “xobs” Cross planejavam arrecadar US$ 250.000 via crowdfunding… mas conseguiram quase o triplo.

A campanha foi finalizada ontem com US$ 701.870 arrecadados, vindos de mais de mil pessoas. Nós já sabíamos que o Novena não era para qualquer um, e sim para entusiastas. Mas foi uma surpresa ver que muitos estão realmente interessados em designs de código aberto, que podem ser conferidos e melhorados por qualquer pessoa.

SAIBA MAIS: Um laptop feito com peças de código aberto que pode ser seu

Montar um laptop desta forma, peça por peça, em quantidade limitada, sai caro. Há o modelo “básico” de US$ 1.995; e o modelo “Heirloom” de US$ 5.000, com corpo de madeira e alumínio. Ambos possuem um processador Freescale ARM quad-core de 1,2GHz, 4GB de RAM, SSD de 240GB e tela IPS Full-HD. Eles vêm com o Debian pré-instalado.

O hardware de código aberto é uma ideia antiga, mas ainda incomum. Com o Novena, quem sabe isso possa se disseminar. Os primeiros laptops Novena serão entregues no início de 2015. [The Next Web]