Isso de acordo com Alex Kipman, desenvolvedor-chefe do Natal. É o resultado da Microsoft ter acumulado "terabytes" de dados sobre posturas de jogo. Deve ter sido divertido para os pesquisadores. [Tech Radar UK]