Enquanto andava pela Getty Villa em Malibu – um museu dedicado ao estudo das culturas da Etrúria, Grécia e Roma antigas – Adam Pash, editor-chefe do site Lifehacker, blog irmão do Gizmodo, descobriu algo curioso: prova de que os romanos não conseguiam resistir ao Facebook.

Essa era uma época tanto boa quanto perigosa: já existia o botão de não curtir no Facebook – o thumbs down dos romanos era épico – mas de repente você poderia receber um superpoke de Zeus e explodir.

Ou isso, ou descobriram provas de que, mesmo nas mais antigas obras de arte, não paramos de imaginar tecnologias conhecidas hoje. Até tu, Facebook. [Adam Pash]

Foto por Adam Pash