A Sony queria se livrar das telas de carregamento no PlayStation há algum tempo. E parece que estamos perto de ter essa função no console. De acordo com o TechRadar, a companhia fez o pedido de uma patente que mostra um sistema que permite aos jogadores pular as telas de carregamento e percorrer os menus rapidamente.

A patente, que foi publicada pelo USPTO (órgão de propriedade intelectual dos EUA), detalha o uso de “templates” definidos pelo jogador para iniciar o game do jeito que ele preferir – seria possível, por exemplo, ir direto para a tela do multiplayer sem precisar passar pelos menus inicias, ou cair direto no ponto salvo de um jogo.

É meio que os velhos tempos dos consoles, antes de a função salvar ser inventada; você tinha que pausar o jogo e deixar o console ligado se quisesse voltar exatamente de onde parou. Essa é a ideia do gameplay direto: voltar instantaneamente no lugar onde você parou.

“O usuário pode selecionar o template, que então pode lançar a atividade associada ao template […] Cada template pode ser atualizado, editado ou removido, ou novos template podem ser criados”, diz a Sony em sua patente.

Parece que o jogador precisará definir esses templates para cada jogo que possui, se assim o desejar. Não vejo muitos benefícios em definir um template para um jogo como o Overwatch, porque não jogo o mesmo modo toda vez que abro o game. Porém, em um jogo como Life is Strange, que é singleplayer, seria muito interessante voltar exatamente de onde parei.

Não está claro se esses templates vão funcionar apenas quando você abrir um jogo, ou se eles também terão funções dentro do game. Por exemplo, quando eu terminar uma partida no Overwatch, será que o sistema vai permitir ir imediatamente para uma nova partida?

Na sua patente, a Sony também descreve a utilização de servidores na nuvem como uma forma possível de implementar o gameplay direto. Mas isso não seria parecido com o conceito de cloud gaming, já que os seus jogos ainda seriam salvos no armazenamento do seu PlayStation.

As plataformas de jogos na nuvem, como o Google Stadia e o GeForce Now, permitem que você retome exatamente de onde parou em qualquer dispositivo, mas ainda é preciso percorrer um menu para abrir o jogo e esperar que ele seja carregado, o que depende da sua conexão com a internet.

Uma das grandes promessas da Sony para o PS5 é que a instalação ou atualização de jogos será praticamente instantânea devido ao SSD personalizado com velocidades de leitura de até 5,5 GB/s.

Mas um SSD rápido não isenta totalmente o tempo de carregamento, por isso a Sony ainda está explorando essa opção – e parece muito mais possível agora que jogos na nuvem são realidade. Apesar de tudo, parece improvável que vejamos essa funcionalidade no lançamento do PS5 – por enquanto é apenas uma promessa.