O jailbreak de produtos da Apple é ótimo no sentido de abrir tantas novas boas possibilidades para os nossos aparelhos. Mas ele também tem o potencial de causar muitos problemas e dores de cabeça. Pelos quatro motivos a seguir, talvez você queira passar longe dessa possibilidade.

Antes de tudo, eu posso afirmar que ainda prefiro fazer jailbreak no meu aparelho. Para mim, a inconveniência é compensada, e eu não me importo tanto com as atualizações agora que o iOS já está bastante redondo, na sua quarta versão. Mas eu acredito que não sou a maioria nesse caso. O jailbreak não é para todos, então tenha certeza de que ele é para você antes de se decidir.

Adeus, estabilidade e segurança

O jailbreak pode te dar muitas opções para melhorar e expandir a funcionalidade da sua iCoisa, mas introduz um forte elemento de imprevisibilidade. Pequenas extensões e add-ons podem fazer com que aplicativos deixem de funcionar, e você fica responsável por descobrir o que está quebrando o quê. O jailbreak aproxima o seu aparelho de um computador no sentido de que resolver algum problema deixa de ser simples e passa a exigir algum (ou muito) conhecimento e esforço. Sim, há ferramentas para ajudar com isso, mas elas não tornam a resolução de problemas algo fácil ou prazeroso. Se você gosta de saber as coisas no seu aparelho sempre funcionam e sempre vão funcionar, o jailbreak pode ser uma má ideia.

Além disso, alguns especialistas acreditam que fazer o jailbreak do seu aparelho não é uma escolha boa do ponto de vista da segurança. Abrir o seu aparelho para novas possibilidades também pode significar abri-lo para novas vulnerabilidades. É possível tomar providências contra isso, claro, mas, novamente, a questão é que isso é algo que demanda um esforço que você talvez não esteja disposto a empregar.

Você não recebe as atualizações do iOS de maneira rápida e fácil

Atualizar um aparelho que passou por jailbreak é uma droga. Quando você atualiza, você perde o jailbreak, então precisa fazê-lo de novo e reinstalar todos seus apps e extensões do jailbreak. Há ferramentas como a PkgBackup que tornam um pouco mais fácil o processo de restaurar as paradas todas, mas ainda assim é bem mais complexo do que uma atualização normal do iOS.

Isso pode ser frustrante e até fazer com que você evite atualizar o iOS do seu aparelho. Em alguns casos, tudo bem, mas levando em consideração o histórico recente da Apple, têm havido muitas situações em que bugs necessitam de algumas atualizações incrementais para serem corrigidos. Um bom exemplo foi a recente questão do aplicativo de localização registrando todos os passos do usuário. (É claro que algumas vezes há ferramentas do próprio jailbreak para lidar com essas coisas, como o Untrackerd, que corrige o “bug” da localização.)

Quando você tem um aparelho com jailbreak, também precisa esperar mais pelas atualizações se quiser continuar com os seus benefícios. Isso pode ser muito frustrante quando há uma grande atualização cheia de novos recursos que você está louco para ter, ou então a correção de algum bug que te incomoda. Se você for fazer jailbreak, pergunte-se antes se é uma pessoa paciente.

Acostume-se com a ideia de restaurar o seu aparelho

O jailbreak é até bem fácil de fazer – quando funciona. De vez em quando, por razões inexplicáveis, ele simplesmente falha. Aí você tem duas opções: continuar insistindo até funcionar, o que se torna muito chato, ou fazer uma restauração completa. A restauração do sistema operacional em si não demora muito, mas a das suas músicas, fotos, vídeos e apps não é nem um pouco rápida.

Se você está fazendo jailbreak, deve se preparar para perder até quatro horas do seu tempo se algo der errado. Isso não é algo que acontece sempre, e comigo não aconteceu nenhuma vez este ano, mas já me aconteceu antes e acontece com muitos leitores. E é uma droga, então esteja preparado para lidar com isso se você for por esse caminho.

Os bons apps do jailbreak são caros

Se você não gosta de pagar pelos apps na App Store do iTunes, vai odiar pagar por eles na Cydia Store. Há alguns aplicativos incríveis, mas os melhores são geralmente apps pagos ou extensões que custam até mais, em média, do as coisas que você encontra na App Store. Se você não gosta da ideia de desembolsar algum tutu para ter as melhores opções em coisas como melhorias nos sistemas de notificações, SMS e alternância entre apps, além de emuladores de jogos retrô, entre outras coisas, talvez você prefira deixar o seu aparelho quietinho do jeito que está.