Os caras do HD Guru deram uma luz, literalmente, para esclarecer os truques que as lojas usam para fazer televisores de alta definição parecerem mais atraentes. Você já percebeu como é forte a iluminação na maioria das seções de eletrônicos das lojas?

Você não deve ter percebido isso antes, mas se a iluminação na loja não for parecida com a luz ambiente na sua casa, você pode não obter a qualidade de imagem que você esperava. Em algumas lojas, os níveis de iluminação podem ser até 50 vezes maiores que o que se encontra nas casas — isto mascara HDTVs com baixo desempenho na cor preta, o que torna as imagens mais claras do que são em condições normais. No fim, muitos consumidores decidem qual TV vão levar baseados somente no brilho da imagem. Da mesma forma, se a loja está tentando empurrar modelos mais caros, ela reduz os níveis de iluminação para destacar os níveis de preto e o contraste da imagem.

Mas por que uma loja tentaria convencer você de que os modelos mais baratos são tão bons quanto os mais caros? A resposta está nas margens de lucro, geralmente baixas para muitas HDTVs. A ideia é tentar converter o dinheiro que você economizou para a HDTV em serviços com taxa de lucro mais alta, como cabos HDMI muito caros.

No fim, você não tem controle sobre a luz ambiente em uma loja grande, então fique esperto: repare na luminosidade e faça decisões mais bem-informadas, considerando as especificações e pesquisando sobre HDTVs — em vez de só ver e comprar — para levar uma TV melhor. O HD Guru também sugere que colocar as mãos em forma de concha na tela (para reduzir a luminosidade) pode ajudar a ter uma ideia melhor dos níveis de preto da TV. O método não é muito preciso, mas é melhor que nada. [HD Guru]