Esse computador magrelinho definitivamente NÃO VAI rodar Crysis. Mesmo assim, ele vai ficar conectado na internet (bem sutilmente), e é tão pequeno que pode ficar preso no seu molho de chaves (apesar de não recomendarmos a escolha).

Equipado com um processador ARM 11 de 700 MHz, 128MB de RAM, uma porta USB e espaço para adicionar uma webcam ou um módulo Wi-Fi, o Raspberry Pi é uma versão reduzida do computador Gateway que era moda nos anos 90 — tão reduzida que é só a placa de circuitos… e nada mais. Mas o computador não roda Ubuntu 9, que seria minha escolhe em uma disputa com o Windows ME e o Windows 2000.

O criador da obra, David Braben, pretende vender o modelo por U$25, mas ainda está em processo de finalização de produção. [Raspberry Pi via BBC via CrunchGear]